top of page
Buscar
  • Foto do escritorbriskloggroup

Saiba como funciona a importação de medicamentos à base de canabidiol


Os produtos derivados de cannabis tiveram seu processo de importação simplificado pela Anvisa desde o ano de 2021. A simplificação é válida para pessoas físicas que necessitam do medicamento e que tenham em mãos a receita médica.

Os medicamentos à base de canabidiol são recomendados, de modo geral, para pessoas com doenças psiquiátricas ou neurológicas degenerativas e que tenham tentado outros tratamentos, os convencionais, e não alcançaram os resultados esperados.

Por causa das suas propriedades antidepressivas, ansiolíticas e terapêuticas, esses medicamentos atuam de maneira eficaz nos tratamentos da esquizofrenia, epilepsia, ansiedade, Parkinson e esclerose múltipla.

Outras características dos medicamentos à base de canabidiol são as propriedades analgésicas e relaxantes, sendo indicado no caso de dores crônicas, reumatismos, artrite, além de diminuir os efeitos da quimioterapia.

Como importar medicamentos à base de canabidiol?

É necessário obter uma autorização da Anvisa, podendo ser autorizadas pessoas físicas que vão fazer uso do produto ou seus representantes legais. É indispensável a apresentação da receita médica, onde o profissional também deve informar que já fez tentativas com outros medicamentos, porém, sem resultados.

A autorização é um documento emitido pela Anvisa, válido pelo período de dois anos, que dá direito à importação do produto à base de canabidiol na quantidade indicada na receita médica. Essa quantidade deve ser informada nos postos da Anvisa localizados em aeroportos e fronteiras.

Como conseguir a autorização da Anvisa para a importação de medicamentos à base de canabidiol?

O processo é bem simplificado e pode ser feito de forma on-line com o preenchimento de um formulário e o envio dos documentos solicitados. A Anvisa reduziu bastante o seu tempo de resposta ao solicitante e, atualmente, a resposta é dada em cerca de 10 a 20 dias úteis – antes durava até 90 dias para se ter a autorização ou sua recusa.

Entenda o passo a passo para importação:

Consulta médica e receita

Quem precisa do medicamento deve apresentar a prescrição médica. Nela deve estar especificada a quantidade suficiente para uso no período de seis meses, o código CID (Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde) e a informação de tentativas com outros medicamentos, sem resultados satisfatórios.

Cadastro no site do Governo Federal

Com esse cadastro, a pessoa física ou seu representante legal poderá preencher o formulário de autorização.

Preenchimento do Formulário de Autorização

Depois da confirmação dos dados pessoais, é hora de preencher o formulário, respondendo às questões ali colocadas e anexando os documentos exigidos. O formulário pode ser inicial, de alteração ou de renovação.

Aguardar a análise

A Anvisa irá analisar o pedido e a documentação no prazo máximo de 20 dias. Se o processo foi realizado corretamente, a autorização será deferida.

Conte com a Brisk Logistics Group

Mesmo com um sistema mais simplificado, a importação de medicamentos à base de canabidiol pode ser burocrático para pessoas que não têm costume com esses trâmites. Por isso, contar com uma empresa especializada em importação é a melhor solução.

Medicamentos importados estão sujeitos à fiscalização antes do desembaraço aduaneiro e a Brisk Logistics Group tem profissionais experientes e capacitados para oferecer uma assessoria precisa nos processos de liberação.Entre em contato conosco!

47 visualizações0 comentário
bottom of page