top of page
Buscar
  • Foto do escritorbriskloggroup

Logística hospitalar: tudo que você precisa saber sobre importação de equipamentos médicos


O segmento de produtos médico-hospitalares tem crescido bastante nos últimos anos e ganhou maior força durante a pandemia de Covid-19. A evolução da medicina, trazendo novas tecnologias e novos tratamentos e, muitas vezes, a pouca oferta no mercado nacional cooperam para que esses tipos de produtos sejam comprados do mercado exterior.

Diante desse fato, é preciso que os gestores cuidem da logística hospitalar, já que a importação de equipamentos médicos pode ser um tanto burocrática em virtude de suas peculiaridades. Neste artigo vamos esclarecer alguns pontos importantes sobre a importação de equipamentos médicos. Continue a leitura!

Cuidados essenciais na importação

Uso correto dos Códigos da Nomenclatura Comum do Mercosul

Se você não domina o processo de importação, fique certo de que o melhor é deixar que profissionais especializados realizem os processos, já que eles trazem riscos e os erros, mesmo os mais simples, podem comprometer a realização da importação.

Um dos focos da atenção deve ser direcionado para os códigos da NCM (Nomenclatura Comum do Mercosul) que todo produto médico-hospitalar deve ter. É através deste código que é possível fazer os cálculos das taxas e dos impostos devidos neste tipo de importação.

Usar a classificação incorreta da NCM pode provocar a retenção das mercadorias na alfândega e até a sua devolução para o país de origem. Outra importante consequência é perder isenções tributárias ou benefícios fiscais referentes aos produtos.

Empresa importadora precisa ser regulamentada pela ANVISA

Se a empresa importadora não estiver regulamentada pela ANVISA e em outros órgãos anuentes, ela não pode importar e/ou comercializar produtos médicos. As regulamentações variam a depender dos produtos que serão importados e de qual país vai importar.

Não estar regulamentada pode trazer prejuízos para o importador e esse é um erro bastante comum. É necessário entender e dominar os assuntos regulatórios da área de logística hospitalar e também é essencial contar com um parceiro especializado no assunto.

Escolha uma boa empresa para importar

Terceirizar a logística hospitalar pode ser a melhor opção para importar produtos médicos e hospitalares. Uma empresa experiente no ramo tem controle total das informações, desde o conhecimento dos melhores fornecedores como das técnicas de manuseio, armazenamento e transporte das mercadorias.

Para clínicas e hospitais contar com uma parceria como a da Brisk Logistics Group é fundamental para que os processos sejam feitos de forma correta, evitando atrasos, devoluções, retenções e prejuízos financeiros devido a multas e pagamento incorreto de impostos.

A Brisk entende que gerenciar as etapas da logística hospitalar internacional exige amplo conhecimento, experiência e tomada de decisões inteligentes para satisfazer as exigências do cliente além de reduzir custos e prazos.

Nossa empresa conta com mais de 20 anos de experiência no mercado, com certificações internacionais e está muito preparada para apoiar empresas do ramo hospitalar nas suas demandas de importação de equipamentos médicos.

Contamos com parceiros estratégicos, de companhias aéreas e marítimas até agentes aduaneiros distribuídos pelos continentes, e escritórios localizados em pontos estratégicos para facilitar e garantir a eficiência dos nossos processos.

Entre em contato conosco para saber mais sobre os nossos serviços!


103 visualizações0 comentário
bottom of page